Azeite de Trás-os Montes à Conquista do Mundo

Azeite de baixa e muito baixa acidez, de cor amarela esverdeada, com cheiro e sabor a fruto fresco, por vezes amendoado e com sabor algo adocicado, verde, amargo e picante. São estas as características únicas do azeite da região de Trás-os-Montes e que têm atraido cada vez mais a atenção de novos mercados e consumidores.

Imagem4 resized 600

As variedades de azeitona típicas da região – Cobrançosa, Madural, Verdeal e Cordovil  – bem como os aspectos edafoclimáticos da mesma têm uma influência decisiva nas características do azeite fazendo com que o ouro líquido de Trás-os-Montes seja cada vez mais procurado.

Hoje em dia o azeite é muito mais do que um complemento de uso culinário. Assiste-se a uma crescente procura de azeite de qualidade. Os consumidores revelam cada vez mais apetência para o degustar, apreciar e serem selectivos no momento da escolha.  

Tipos de azeite

Apesar de existirem no mercado imensas variedades, são quatro os tipos de azeite existentes:

  • Azeite Virgem Extra: acidez inferior ou igual a 0.8% 

  • Azeite Virgem: acidez inferior ou igual a 2%

  • Azeite: acidez inferior ou igual a 1%, contém azeite refinado e azeite virgem

  • Azeite refinado: acidez inferior ou igual a 0.5%

     

O azeite virgem extra é o autêntico sumo 100% natural da azeitona, conservando o sabor, aroma e todas as propriedades benéficas para a saúde.

A revista Evasões do mês de Maio destaca o tema Azeites & Companhia abrindo as portas deste mundo de aromas e sensações. Entre vários tópicos, destacamos uma prova cuja avaliação sensorial pode ser vista no link.

azeite português
http://www.slideshare.net/ACUSHLAOrganicOliveO/evasoes

 

Convidamos também a ler o artigo “Nunca o Azeite Português Viveu um Período tão Áureo”

Se o mundo do azeite o fascina poderá encontrar no nosso blogue diversos tópicos e acompanhar as diversas curiosidades e informações que temos para si!

 







 

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta