Dieta Mediterrânica elevada a Património Imaterial da Humanidade

A Unesco elevou hoje, dia 4 de Dezembro de 2013, a Dieta Mediterrânica a Património Imaterial da Humanidade.

A classificação foi feita em dois minutos e sem objecções, pois de acordo com o presidente de mesa, todos apreciam a comida dos países da bacia do Mediterrâneo. 

A candidatura foi feita a nível transnacional, aliando Portugal à Croácia e Chipre, que se juntam agora a Espanha, Grécia, Itália e Marrocos. Estes últimos, já integram a sua Dieta Mediterrânica na lista dos bens patrimonais, desde 2010.

 

Recomendações da Dieta Mediterrânica
 

Lata Azeite fundo preto copy

O azeite é o principal ingrediente da Dieta Mediterrânica, que para além de contribuir beneficamente para a saúde, também proporciona um excelente sabor à comida. 

Entre os benefícios do azeite, destacam-se os poderes antioxidantes, a diminuição do colesterol e a reduzida formação de radicais livres responsáveis pelo envelhecimento e por doenças degenerativas.

 

Na Dieta Mediterrânica, as frutas e os vegetais são consumidos em grande escala pois contêm bastantes nutrientes e ajudam na prevenção de várias doenças. Durante a sobremesa e o lanche, é preferivel evitar os bolos, bolachas e biscoitos que são carregados em alto teor energético e pouco nutricional, e optar pela fruta. 

Os alimentos provenientes do trigo, centeio, aveia, cevada e milho, aliados às massas, arroz e às batatas, constituem a principal fonte energética para o correcto funcionamento do nosso organismo.

O consumo semanal de peixe, tal como o consumo de aves e ovos é bastante recomendado. Os peixes gordos como a sardinha, o atum, o salmão, a cavala e a truta, apresentam contêm gordura rica em ómega 3 e em vitaminas lipossolúveis que são excelentes para o cérebro, para o coração e ajudam na absorção e fixação de cálcio nos ossos. Por outro lado, a carne vermelha deve ser evitada sempre que possível.

É recomendável o consumo diário de lacticínios, preferencialmente sob a forma de iogurtes e queijos.

O vinho tinto, bebido com moderação e aquando das refeições principais, é um dos complementos da Dieta Mediterrânica. O consumo de água também é importante na medida em que é essencial para a manutenção do equilíbrio dos fluídos corporais, sendo recomendado o consumo de 1,5 a 2 litros por dia.

Por fim, aliada a estas directrizes alimentares, é importante a prática de exercício físico e de descanso adequado, de forma a ser possível levar uma vida equilibrada e saudável.

 



Comprar Azeite Biológico


 

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta